Nossa história

           Foi amor à primeira vista. Eles só levaram um tempinho pra perceber. É clichê, nós sabemos; Mas toda história de amor é clichê né?!
            E foi num domingo chuvoso à tarde; ela estava sem sair há bastante tempo, porém, neste dia, teve um aniversário de uma grande amiga. Ele teve um fim de semana de folga e, como tinha sido aniversário dele naquela semana, nada melhor para comemorar do que ir numa festa.
            E foi assim, na fila, sob chuva, que eles se viram pela primeira vez. E já neste primeiro momento repararam um no outro. Ela, com um brinco de pérola, uma blusinha de renda branca e mexendo no cabelo, já chamou a atenção dele. Ele, com óculos de grau, rosto quadrado e cabelo preto penteado para o lado, lembrava muito alguém. Este alguém ela só foi descobrir lá próximo ao fim da festa, era o Clark Kent.
            Foi quando ela já estava quase indo embora, que ele, finalmente, tomou coragem e foi falar com ela. Conversaram por algum tempo, trocaram telefones e, após 5 dias e muitas horas de conversa por telefone, combinaram de sair. Um jantar no restaurante japonês com direito à degustação de saquê - apesar da marca dos dois ser o velho e bom vinho. A conversa fluiu impressionantemente e o tempo voou. No fim do primeiro encontro veio o primeiro beijo. Ali, eles já sabiam. A sintonia foi perfeita e inexplicável. O sentimento foi crescendo cada vez mais. Respeito, amadurecimento, companheirismo, enfim. A certeza! Certeza que a sensação inicial, a atração estavam realmente se consolidando em um sentimento puro, verdadeiro, espontâneo, indescritível. Realmente, só podia ser amor!

            Não demorou muito e eles ficaram noivos. Foi na primeira viagem internacional dos dois juntos. Foram para Patagônia Argentina, aonde ela iria ensiná-lo a esquiar. Para o pedido, ele já sabia, planejou tudo ainda no Brasil. Iria ser durante um jantar, em um chalé reservado. Mas o destino não quis assim, queria que fosse ainda melhor. Chegou o dia que ele planejara e ele a levou para almoçar. Foram a um restaurante, só para os dois, com uma vista deslumbrante pro lago e as montanhas. Além disso, ao fundo, as montanhas estavam cobertas de neve. No dia escolhido, nevava, nevava muito. Foi o primeiro dia de neve da viagem. Como se a própria neve estivesse esperando esse dia especial para começar a cair. Ele a chamou para tirar fotos na sacada do restaurante. Claro que ela tinha que dar uma reclamada, dizer que estava frio, nevando e que preferia ficar lá dentro, perto da lareira e no “quentinho”. Ele insistiu e lá foram eles. Ele, muito nervoso e antes de falar sobre fotos, entregou-lhe o cardápio. Quando ela abriu, era um cardápio especial. Já na capa, as iniciais dos dois formando um infinito. “Entradas” e "pratos principais" eram a história dos dois. Desde o comecinho. Contada em fotos e descrições dos itens do cardápio. E a sobremesa? Já que o melhor fica para o final, era o pedido de casamento. Foi quando ele se ajoelhou à frente dela e reforçou o pedido a entregando o solitário.
            O final desta história, vocês já sabem né?! A história ainda não tem um fim, e sim, um grande começo. Começo de uma família e de um amor ainda mais sólido. Começo desta grande caminhada de companheirismo e respeito. Comemoraremos esse grande começo no dia 18/02/2017, em Petrópolis/RJ (nosso xodó). Selando nossos votos diante de Deus, da lei e dos nossos queridos familiares e amigos!

Imagem Sobre